Planejamento e Prevenção: como aumentar a vida útil de seu parque de tablets e smartphones

O tempo de vida médio de um smartphone é de dois anos. Este período está relacionado à capacidade de seu processador de acompanhar a evolução das aplicações corporativas, de armazenamento de memória RAM e de durabilidade da bateria ao longo da jornada de trabalho, por exemplo. Mas é possível prolongar a vida útil do parque de smartphones de sua empresa, com benefícios financeiros. Entre as ações estão, por exemplo, postergar a troca dos aparelhos, realocar os ativos usados como backup depois da renovação, garantindo maior disponibilidade da operação de telecom. Veja aqui como planejar rotinas de manutenção preventiva de dispositivos móveis para evitar custos desnecessários com reparos, diminuir…

SAIBA MAIS

Os vetos presidenciais e as dúvidas da LGPD

A sanção da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) pelo presidente da República, no dia 09 de julho, veio acompanhada de alguns vetos importantes. Confira abaixo os principais pontos vetados pelo presidente e como eles podem impactar o dia a da das empresas: Algoritmos de computador – e não mais humanos – terão o poder de exigir a revisão de dados pessoais que pertençam a empresas ou entidades De acordo com o veto, o processo de avaliação e decisão será tomado por uma plataforma de tecnologia baseada em algoritmos, e não por uma pessoa natural. Isso é importante, sobretudo, pelo movimento e quantidade de decisões que são…

SAIBA MAIS

Economia de R$ 1 milhão com Ganhos em Dobro

Redução de custos em Tecnologia garante investimentos em novos projetos para otimização de processos corporativos Nosso SAFIRA Case de hoje conta a história de uma Empresa provedora de refeições corporativas, que gerencia mais de dois mil restaurantes terceirizados em todo o País. Para manter a disponibilidade desta operação, uma gestão eficiente de ferramentas de telefonia e conectividade é fundamental: links de dados garantem o funcionamento adequado dos caixas dos restaurantes; tablets conectados proporcionam a realização de pesquisas de satisfação sobre a qualidade dos serviços; smartphones com aplicações corporativas possibilitam a auditoria das lojas, com resultados enviados à sede da Empresa em tempo real. Reivenção na Crise No ano…

SAIBA MAIS

Como incentivar promotores de trademarketing a utilizar apps em sua rotina

Nosso SAFIRA Case de hoje conta a história de uma empresa de cosméticos que tinha o desafio de implantar uma aplicação corporativa de trademarketing para seu time de 480 promotores espalhados pelo Brasil. O principal objetivo era melhorar as métricas de vendas dos super e hipermercados ao cliente final (sell-out), garantindo uma boa exposição dos produtos e sortimento (catálogo de produtos comercializado) adequado para estas lojas, num momento em que suas marcas passavam por um reposicionamento que exigiu reajuste de preços. Até então, o controle realizado no campo pelos promotores de trade era todo em papel, com as já conhecidas dificuldades dos gestores da área. A implantação de…

SAIBA MAIS

5 passos para começar a estruturar a Gestão de Tecnologia de sua empresa

No mercado, ainda é comum a confusão do conceito de Technology Expense Management (TEM) com as tarefas simples de auditorias das faturas de telefonia corporativa. Mas o conceito de TEM, muito mais amplo, engloba processos estruturados, tecnologias desenhadas a partir destes processos, a criação e gestão de políticas baseadas em conhecimento de negócios, um time dedicado e, claro, os usuários de tudo isso. E, se antes, o conceito de TEM (cujo T remetia a Telecom, e não Tecnologia) estava relacionado apenas a recursos de telecomunicações (telefonia móvel, fixa e link de dados), a atual convergência de tecnologias torna a aplicação do conceito ainda mais complexo. Novas ferramentas de…

SAIBA MAIS

Transformar 5G e IoT em resultados de negócios depende de sairmos da caixinha

A onda da transformação digital e a chegada de tecnologias como 5G e Internet das Coisas (IoT) ao mercado podem quebrar a dominância das grandes operadoras de telefonia. O cenário traz novas oportunidades e demandas para outras empresas de telecomunicações, que devem aproveitar para adicionar valor à infraestrutura já pelas grandes teles. Isso deve direcionar o foco para a geração de resultados de negócios tendo os recursos de Telecom como meio (e não como fim). Esta foi uma das principais discussões levantadas no Fórum de Operadoras Alternativas, que aconteceu na semana passada em São Paulo e teve a presença da SAFIRA TELECOM. As novas tecnologias surgem com demandas…

SAIBA MAIS

Como implantar uma política bem-sucedida de BYOD em poucos passos

O assunto é pauta recorrente de discussão entre os Chief Information Officers (CIOs): como implantar uma política bem-sucedida de Bring Your Own Device (BYOD)? Políticas de BYOD oferecem ao colaborador a possibilidade de utilizar os seus próprios smartphones e notebooks no trabalho em vez de a empresa fornecer essas ferramentas. Para quem não está familiarizado com o tema, saiba que esta já é uma realidade nas organizações. Mais de metade das empresas já admitem o uso de computadores pessoais por parte de seus colaboradores. Isso porque a medida traz uma série de vantagens para as empresas e os colaboradores, como por exemplo: · Redução de custos: afinal, o…

SAIBA MAIS

7 motivos para alugar smartphones – em vez de comprá-los

Se você precisa renovar o parque de telefonia móvel de sua empresa, esta dúvida já deve ter assombrado suas preocupações: é melhor comprar ou alugar smartphones e tablets? Neste post, esclarecemos por que o aluguel é considerado a melhor opção e em quais ocasiões ele deve ser priorizado. Em geral, a locação de smartphones e tablets oferece o melhor custo benefício para se adquirir aparelhos sem a necessidade de alto investimento inicial e evita que a companhia imobilize o capital neste tipo de operação. Veja outras vantagens abaixo: 1. Agilidade na contratação do fornecedor, já que o processo de compra é muito mais demorado do que o de…

SAIBA MAIS

Saiba o que muda para a sua empresa com a nova Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD)

A partir de agosto de 2020, as companhias terão que garantir a proteção dos dados pessoais de seus colaboradores que circulam em dispositivos móveis corporativos. É o que obriga a Lei Geral de Proteção de Dados (Lei 13.709), sancionada em agosto de 2018. O objetivo é regular como empresas devem tratar dados pessoais nos meios digitais, garantindo proteção aos direitos fundamentais de liberdade e de privacidade das pessoas. É certo que as novas exigências tendem a movimentar, em especial, as áreas de TI (desenvolvedores e analistas), de Governança Corporativa e Compliance. São esses profissionais que definem o que precisa ser feito para que a empresa atenda à nova…

SAIBA MAIS

Comportamento do funcionário traz mais riscos a dados corporativos que hackers, diz pesquisa

A maior ameaça à segurança dos dados corporativos tem crachá, cargo e salário em sua empresa. Funcionários displicentes com informações da companhia e erros da equipe no dia a dia foram apontados por 56% dos diretores de tecnologia de informação de 24 países como os principais riscos cibernéticos que eles têm de combater, à frente até mesmo de hackers e malwares. A conclusão é do estudo recém publicado pela consultoria americana Digitalis, que ouviu 841 líderes de TI, os Chief Information Officers (CIO). O assunto é tão alarmante que 93% destes executivos dizem dedicar até 50% de seu tempo à segurança da informação. E o que mais chama…

SAIBA MAIS